Redes Sociais




Google+

EAD cresce no momento de recessão econômica do país

O momento de recessão econômica, a flexibilidade e o baixo custo são alguns dos motivos que devem levar a Educação à Distância (EAD) a continuar a crescer nos próximos anos. A área tem recebido constantes investimentos e conquista cada vez mais alunos por oferecer comodidade e redução de gastos como alimentação e transporte, por exemplo.

De acordo com o último censo da Associação Brasileira de Educação à Distância (ABED), entre 2013 e 2014 a evolução dos investimentos em EAD aumentou em 51%.

Em 2014 foi contabilizada a oferta de 25.166 cursos EAD no país. Quando comparados aos cursos presenciais, fica claro que a oferta de cursos à distância tende a crescer de forma mais acelerada. “Há um forte crescimento entre 2013 e 2014. O aumento do presencial entre 2013 e 2014 foi de apenas 3%, que é muito baixo. Enquanto em educação à distância o aumento de matrículas foi de 12%. Quatro vezes mais”, comenta o presidente da Associação Brasileira de Educação à Distância, Frederic Michael Litto. Para ele, tudo indica que o número de cursos deve aumentar nos próximos anos e aspectos como o avanço da credibilidade tem contribuído para o segmento. “O consenso de opinião de empregadores e chefes de Departamento de Recursos Humanos está sendo de quem estudou à distância é melhor funcionário, é mais pró-ativo”, aponta.

“O consenso de opinião de empregadores e chefes de Departamento de Recursos Humanos está sendo de quem estudou à distância é melhor funcionário, é mais pró-ativo”, aponta Frederic Michael Litto, presidente da Associação Brasileira de Educação à Distância.

O perfil do aluno que estuda à distância também vem se delineando nos últimos anos. Geralmente quem opta pela modalidade é disciplinado, já se encontra no mercado de trabalho e é cerca de dez anos mais velho do que o aluno de curso presencial. Márcio de Assis, de 36 anos, se encaixa no perfil e concluiu o curso de Tecnólogo em Logística em 2015. Ele iniciou o curso presencialmente, mas devido a alguns fatores optou por mudar para o curso à distância. “O primeiro fator foi o desempenho. No presencial eu acabava tendo muitos problemas com colegas em situações desnecessárias de competitividade. O valor da mensalidade também acabou apertando no meu orçamento”, explica.

O principal desafio do aluno de EAD, no entanto, é aprender a ter autonomia e a cumprir prazos. “Quem faz essa modalidade sabe que se exige muito do aluno e se tem muito conteúdo para estudar”, afirma Márcio de Assis, que diz sentir falta de reconhecimento por parte do mercado. Já Michael Litto lembra que no Brasil mais de 50% dos municípios não possuem nenhuma forma de ensino superior. Para ele, esse é um dos pontos que deve fazer com que nas próximas duas décadas o número de cursos à distância ultrapasse o número de cursos presenciais. Litto frisa ainda que importantes universidades como Harvard, Oxford e Cambridge oferecem cursos à distância, o que mostra a importância e a relevância da modalidade de ensino. “Essas instituições de grande prestígio estão todas mergulhadas em educação à distância”, conclui.

Fonte: Folha Dirigida
Publicado em: 26/07/2016

Novo bloqueio do WhatsApp no Brasil

A Justiça mandou as operadores de telefonia bloquearem o serviço de mensagens WhatsSpp em todo o país por 72, à partir das 14h de hoje.
A decisão é do juiz Marcel Montalvão da comarca de Lagarto (SE).
O magistrado quer que a companhia repasse informações sobre uma quadrilha interestadual de drogas para uma investigação da Polícia Federal, mas a companhia se nega a fazer.
Vamos aguardar para ver por quanto tempo desta vez.

Tiradentes

Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes foi um dentista,
tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político que atuou nos
domínios portugueses no Brasil colonial,1530-1815, mais
especificamente nas capitanias de Minas Gerais e Rio de Janeiro. No Brasil, é
reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira, patrono cívico do Brasil,
patrono também das Polícias Militares dos Estados e herói nacional.

O dia de sua execução, 21 de abril, é feriado nacional. A cidade mineira de
Tiradentes, antiga Vila de São José do Rio das Mortes, foi renomeada em sua
homenagem. Seu nome está inscrito no Livro dos Heróis da Pátria, desde 21 de
abril de 1992.

WhatsApp

whatsapp_w3alpha

Todos nós já nos acostumamos e nos viciamos na utilização do WhatsApp, o nosso zapzap de cada minuto.

Este aplicativo caiu no gosto geral da população e é utilizado 24h por dia tanto para trabalho como lazer.

Mas hoje a partir da meia noite ele foi bloqueado, por determinação judicial. Os motivos ainda não foram divulgados mas tal bloqueio foi solicitado como parte de uma investigação sobre “quebra de sigilo de dados”, pela justiça de São Paulo.

Estamos tão viciados pelo aplicativo, que diga-se de passagem é um ótimo meio de comunicação, que hoje acordamos meio desnorteados, sem saber o que fazer, pois estamos sofrendo com a síndrome de abstinência ao Whatsapp.

E agora, como vamos nos comunicar?

whatsapp_w3alpha2

Calma, a boa notícia é que existem outros aplicativos para uma comunicação rápida, pela internet.

Facebook Messenger: Desenvolvido pela poderosa rede social e apresentando-se como um complemento do Facebook, o aplicativo tem como atrativos: a automática sincronização de contatos, respostas muito rápidas, ligações por voz e o “balão” de troca de mensagens, que possibilita responder aos amigos sem parar o que está fazendo no smartphone.

Viber : O aplicativo acaba de passar por uma total reformulação em sua aparência e tem como ponto forte as ligações por voz, sua interface e troca de mensagens de texto não deixam a desejar e também colaboram para o enriquecimento do APK.

ICQ: Desde a década de 90 fazendo história, o ICQ abriu caminho para todos os messengers da atualidade, sendo considerado por muitos o precursor do Facebook, ele possibilita ligações por voz e a conexão com cinco redes sociais, mas dessas cinco, três são desconhecidas no Brasil, além disso, seu bate-papo apresentou muitas falhas.

Skype: Poucas falhas e muitos recursos, assim pode ser uma resumida definição do aplicativo, com muitos usuários e capitaneado pela poderosa Microsoft, o APK tem um ótimo bate-papo e uma chamada de vídeo excepcional que sabe explorar muito bem a câmera do dispositivo.

Portanto, respire fundo, parta para outras alternativas e boas mensagens!

Você já praticou nadismo hoje?

Untitled-1

 

 

Acredite: uma pitada de ócio, diariamente, pode fazer milagres, aumentando a produtividade e a criatividade.

 

 

– Nada melhor do que não fazer nada!” Já dizia Rita Lee.

O italiano Domenico De Masi, em sua obra “O Ócio Criativo” (ed. Sextante), de 1995, afirmou que momentos de puro ócio alivia o estresse, estimula a criatividade, nos torna mais produtivos no trabalho e aumenta o autoconhecimento.

Em 2006 surgiu o nadismo, que pelo nome, já diz a que veio. “O movimento propõe uma importante transformação cultural: a consciência de que fazer nada não é perda de tempo, mas uma forma muito valiosa de aproveitá-lo.”

Segundo o neurocientista americano Andrew Smart, pesquisador da Universidade de Nova York, o cérebro possui algumas regiões que estão mais ativas quando estamos em repouso, são as redes neurais. Estas áreas são o piloto automático do cérebro, que quando não estamos fazendo nada, ela fica estabelecendo conexões. Além de fixar informações e processar emoções, que não seria possível se estivéssemos fazendo qualquer coisa.

Ou seja, deixar a mente vagar é um santo remédio para estimular a criatividade e garantir uma boa qualidade de vida.

Dormir, apesar de ser reconfortante, não é considerado como momento de nadismo, pois o cérebro faz uma limpeza quando dormimos, mas a rede neural não é ativada nestes períodos de descanso.

Eu, por exemplo, tenho que estar sempre fazendo algo. Quando termino meu trabalho, vou descansar ficar de “pernas pro ar”, mas sempre fazendo algo para relaxar, como lendo, conversando, navegando no smartphone ou tablete. Mas isso também não é nadismo e não estou deixando minha rede neural estabelecer conexões importantes.

E aí, como vou ficar perdendo tempo sem fazer nada?

Calma, basta um minuto por dia. Pare e contemple o céu, árvores, flores, etc.

Mas se você trabalha em uma sala fechada e não tem acesso externo, acesse o endereço www.nadismo.com.brem seu computador e vislumbre por um minutinho a travessia das nuvens pelo céu azul. Já ajudará e muito.

O importante é se desconectar do que está fazendo. Meditar, ouvir uma música tranquila, caminhar, já é capaz de reduzir o estresse e trazer uma boa disposição.

Além de proporcionar uma calma imediata, esse exercício simples conduz a mente para o presente, deixando o cérebro mais ativo.

Relaxe e pratique o nadismo.

Lucia Costa

W3alpha