Redes Sociais




Google+

Monthly Archives: novembro 2013

Lulu é o "boteco" feminino

logo_lulu

Lulu é um aplicativo, disponível para Android e iOS, criado por Alexandra Chong, em que as mulheres avaliam os homens.
Ela teve a idéia após uma reunião informal com suas amigas e a conversa foi em torno dos seus namorados, maridos, “ficantes”. O que elas falavam, muito provavelmente não falariam na presença dos mesmos.
Neste aplicativo, as meninas não escrevem o que querem, somente avaliam os meninos num pequeno questionário de perguntas e respostas.
Em pouco tempo o aplicativo já tem mais de 1 milhão de usuárias, criando um grande desconforto para muitos homens, que estão se sentindo agredidos com a brincadeira.
Esta prática já é muito antiga por parte dos homens que fazem o clube do “Bolinha” nos botecos, falando tudo o que pensam das mulheres e muitas vezes de maneira cruel.
Obviamente, os mais encomodados são os que tem piores avaliações no aplicativo.
Mas ainda acho que a autoavaliação é sempre indicada para os meninos que estão em baixa na opinião das meninas, pois respeito gera respeito, gentileza gera gentileza.
Não quer brincar não desça para o play.
O perfil pode ser facilmente removido na página de desativação de contas do Lulu.

Organizando o amigo secreto

 Amigo-Secreto

Fim de ano é época de confraternização e muita correria. Mas se você ficou encarregado de organizar o amigo secreto do trabalho ou mesmo em casa, saiba que é possível fazer o sorteio e comunicar os participantes em poucos minutos, com ajuda de aplicativos para smartphone e tablets.

Os participantes recebem mensagens com o local onde será realizada a festa, preço do presente e o nome de seu amigo, entre outras informações. E tem até programa que, na hora do sorteio, evita combinações entre pessoas que não se dão bem. Só é preciso conferir com os amigos se todo mundo recebeu o e-mail, pois filtros de spam podem barrar esse tipo de comunicado.

Amigo Oculto – Grátis para iPhone

Para que este aplicativo faça as combinações, escolha os amigos e dispare as mensagens com os resultados, o usuário tem de criar um grupo e colocar a data da entrega. É possível incluir dados como valor mínimo e máximo dos presentes, além de escolher um organizador da brincadeira.
Adicionados os nomes, é só tocar no botão de sorteio. Pronto: os participantes recebem uma mensagem de e-mail com todas as informações sobre a brincadeira.

Amigo Secreto Lite –  Grátis para Android

Programa bem enxuto, para smartphones Android, que utiliza mensagens de SMS para o envio do sorteio.

Na tela principal (com um único botão), o usuário clica em “Adicionar” e insere os dados sobre a festa de entrega dos presentes (data, local e hora). Depois, é hora de incluir os participantes, com nome, sexo e número de telefone celular. O resultado é enviado para cada aparelho.

Amigo Secreto App –  Grátis para iPhone

Aplicativo que automatiza o sorteio e dispara mensagens com detalhes sobre a festa de entrega. A primeira coisa a fazer é criar um grupo, que pode ter nomes como “trabalho” ou “família”, por exemplo. Na hora de adicionar os participantes, é possível importar as informações da lista de contatos do smartphone ou inseri-las manualmente.

Um recurso interessante do programa é aquele que impede o sorteio entre pessoas que não se dão bem. Assim, evita-se constrangimentos durante a festa.

Terminado o grupo é hora de disparar a mensagem. Nela é preciso colocar o lugar da festa, hora e o preço do presente. Os integrantes recebem um e-mail com a mensagem e o nome do amigo secreto sorteado.

Permite ao organizador saber os resultados do sorteio, mas é preciso pagar US$ 0,99 (cerca de R$ 2,3) para ter essa informação indiscreta.

Secret Santa –   Grátis para Android

São apenas três passos para o sorteio do amigo secreto: definição da data e do local da entrega dos presentes, inserção dos dados dos participantes e envio dos nomes.

Os amigos recebem o resultado por e-mail, com as informações sobre a festa, quem vai participar da brincadeira, faixa de preço do que deve comprar e quem é o seu amigo secreto.

Inclui um recurso que permite ao organizador da brincadeira ver o resultado do sorteio, o que pode ser útil quando alguém faz confusão e duas pessoas dizem que tiraram a mesma pessoa…

Fonte: UOL

‘Cansei de Ser Gato’ vai virar livro e loja

gato_chico_chacrinha o-gato-chico-virou-rei_do_camarote

Empreendedorismo na internet.

Na onda de gatos que fazem sucesso na internet, o tigrinho brasileiro Chico dará origem a um livro de fotos e a uma loja virtual. O felino estreou na web em julho, com o perfil no Facebook “Cansei de Ser Gato”, em que aparece cada dia com uma fantasia diferente. Quatro meses, 130 mil curtidas e dezenas de caracterizações depois (de Chacrinha a rei do camarote), Chico participará no domingo (24) do lançamento de seu livro em São Paulo.

A versão impressa do “Cansei de Ser Gato” (Editora Novo Século; R$ 19,90) tem 80 páginas de fotos com o gato fantasiado e também imagens de bastidores. O segundo passo da empreitada “cansei de ser gato, virei empreendedor” está prevista para os próximos dias, com o lançamento de uma loja virtual. O site oferecerá diversos produtos – como canecas, almofadas e capinhas para celular – estampados pelo multifacetado Chico, que tem pouco menos de dois anos.

Sucesso ao Chico!!

Show de Cazuza dia 30 de novembro

O músico, morto há 23 anos e que completaria 55 anos em 2013, aparecerá por meio de projeções holográficas 4D, promovida pela operadora GVT no próximo dia 30 em tecnologia inédita no país, segundo os organizadores.

Com direção de Jodele Larcher, o show terá entrada gratuita, no Parque do Povo, em Santana, zona norte de São Paulo. Espera-se um público de 40 mil pessoas.

Serão duas horas de show e 20 músicas ao todo, mas Cazuza aparecerá apenas durante 20 minutos, interpretando cinco músicas: Exagerado, Faz Parte do Meu Show, Amor Amor, O Tempo Não Para e Brasil. A Globo e os pais de Cazuza cederam as imagens para a criação do holograma, segundo o produtor Omar Marzagão.

O avatar de Cazuza  irá  interagir  e será acompanhado de uma banda, formada por parceiros do cantor: George Israel, Nilo Romero, Arnaldo Brandão, Leoni, Rogerio Meanda e Guto Goffi. Convidados especiais, como o RPM Paulo Ricardo e Gal Costa, interpretarão músicas das fases MPB e rock de Cazuza.

O show holográfico de Cazuza terá uma edição no Rio de Janeiro ainda no verão.

Ensino à Distância – EAD

Ensino a distancia

 

Grandes empresas privadas e públicas, nacionais e internacionais, já utilizam EAD – ensino à distância como alternativa complementar a seus programas de desenvolvimento e treinamento. Adotando o EAD, organizações com grande número de funcionários, distribuídos geograficamente em vários locais, obtêm grandes economias de tempo e recursos financeiros.

No meio acadêmico os exemplos de utilização de EAD são inúmeros, propiciando os alunos com cursos totalmente a distância ou semi-presenciais, devidamente reconhecidos pelo MEC.

 

Programas EAD

A implementação de projetos para a educação à distância não é uma simples transposição de conteúdo textual para a tela de um computador. Deve-se utilizar de técnicas de desing instrucional, formação de equipes especializadas e uso de ferramentas tecnológicas adequadas.

Uma boa ferramenta tecnológica tem que ter a capacidade de promover a gestão de cursos, a integração entre alunos/professores, a humanização do contato e permita uso de recursos de multimídia para potencializar o aprendizado.

 

Educação em EAD

De modo geral o aluno EAD é adulto. Alguns aspectos na educação para adultos estão associados à perspectiva de crescimento e oportunidade profissional, desenvolvimento de competências para o estudo, socialização, desenvolvimento da personalidade e afirmação da identidade. O ensino deve ser constantemente motivado e orientado individualmente, para que percebam a seriedade do processo que estão participando.

Professor e aluno tem papéis de destaque em EAD. Apelos visuais, layouts arrojados, interações digitais e outros recursos aplicados, sem o estudo de sua real importância e adequado na ação de aprendizagem, podem produzir ótimos produtos em EAD mas com os poucos resultados na real aprendizagem dos alunos.