Redes Sociais




Google+

linkedin

Otimização

otimizacao sites W3alpha

Muitos clientes me perguntam como ter um site ou blog na primeira página nas buscas do Google.

Tenho lido muito sobre o assunto e o que não faltam são gurus, dando fórmulas e falando palavras e expressões que os usuários não conseguem entender.

Nas mídias sociais, como o Facebook, Twitter, Linkedin, Google +a fórmula é o relacionamento com os clientes.

Em SEO (do inglês Search Engine Optimization), que é a otimização de sites para motores de buscas na internet, também se refere à consultoria na área, fala-se da busca por palavras chave, otimização de page titles, headingse outros itens.

Tudo isso é de fato verdade, mas tem algo acima de tudo e mais importante.

“O Conteúdo.”

A produção de conteúdo com qualidade é essencial e de extrema relevância.

Você não terá como manter um relacionamento com o seu cliente nas mídias sociais se não tiver um bom assunto. Aliás, você muito provavelmente não terá clientes ou seguidores, somente por imagens ou o logotipo de seu negócio, por melhor que sejam.

Os mecanismos de buscas (Google, Bing, Yahoo, etc…), ficam passando pela internet em busca de novos conteúdos. Ele passará algumas vezes em seu site ou bloge se nenhum conteúdo novo for detectado, ele retornará com bem menos frequência, deixando seu site para trás.

O que importa na internet é a qualidade do conteúdo que você produz.

Nas redes sociais, as pessoas estão sempre divulgando e compartilhando links dos outros e a maior satisfação é que seu linkseja compartilhado por elas.

Conteúdo relevante gera link.

Como participar do Linkedin

clip_image003 

O Linkedin é uma rede social de negócios. O principal propósito do site é permitir que os usuários registrados tenham uma lista de contatos com pessoas que eles conheçam e confie nas empresas. Esta lista de contatos é chamada conexões.

Uma rede de contatos facilita o conhecimento de profissionais, podendo ser utilizado para encontrar trabalhos, pessoas e oportunidades. Os empregadores podem listar trabalhos e buscar por candidatos. Os candidatos a emprego tem acesso ao perfil de contratação e solicitar a algum de seus contatos a apresentação aos empregadores. Os usuários tem a possibilidade de fazer perguntas, compartilhar informações, comentar, fazer parte de grupos, seguir empresas.

Crie um perfil no Linkedin, comece se cadastrando.

clip_image005

Preencha os dados que são solicitados.

clip_image007

Um e-mail será enviado para confirmação deste cadastro. Assim que confirmar, entrar com login e senha que cadastrou e já no primeiro acesso o Linkedin vai sugerir algumas conexões de pessoas que talvez você conheça. Outra tela vai sugerir se você quer compartilhar com o Facebook e com o Twitter. Na próxima é uma tela de boas vindas e o próprio site ajuda a otimizar o seu perfil.

clip_image009

O perfil do Linkedin é muito parecido com um currículo profissional, ou seja o foco está no histórico acadêmico e profissional e não nos passatempos ou hobbys. Para preencher o seu perfil comece criando registros separados para seus empregos e atividades atuais e anteriores como cargo, empregador, ramo de atividade, período e uma breve descrição das atividades. Na experiência acadêmica deve ser preenchido da mesma forma, incluindo registros de ensino médio e superior, nome do estabelecimento, título, período, prêmios ganhos e quaisquer outras informações relevantes. Com todo esse histórico a Linkedin vai mais adiante, lhe ajudar a encontrar amigos e ex-colegas. Você também pode preencher um currículo, com uma breve descrição de sua experiência profissional e de suas habilidades e colocar uma foto. Em outra seção você pode listar os sites que participa pessoal e profissionalmente, colocar uma lista resumida de seus interesses, grupos associados e títulos honoríficos.

Depois de preencher o mais completo possível o seu perfil é hora de procurar outros membros para se relacionar. O Linkedin oferece vários métodos de busca de contatos:

clip_image001 fazer o upload de sua lista de contatos de e-mail

clip_image001[1] colleague search (busca por conhecidos)

clip_image001[2] classmate search (busca por colegas de classe)

clip_image001[3] name search (busca por nome)

clip_image001[4] advanced search (busca avançada)

Se você tiver uma conta de e-mail no Gmail ou AOL, você pode digitar seu e-mail e senha que o LinkedIn automaticamente encontrará todos os seus contatos que já são membros do site. Você também pode usar o “Find Contacts Wizard” (Assistente de busca de contatos) do LinkedIn para fazer o upload dos seus contatos do Microsoft Outlook ou de qualquer outro software de lista de endereços.

clip_image010

Após o upload dos contatos, você poderá selecionar os usuários do Linkedin que gostaria de convidar para participar de sua rede e aproveitar para convidar os seus contatos que ainda não tem um perfil no Linkedin para fazê-lo e juntar-se a você.

Com as informações profissionais e acadêmica de seu perfil o Linkedin mostrará os seus colegas atuais e do passado que participam da rede e você poderá escolher se gostaria de convidá-los.

A busca avançada permite que você procure os membros do Linkedin. Esta busca pode ser por nome, cargo, empresa, local e ramo de atividade. Esta busca pode ser útil para ajudá-lo a encontrar um contato interno de uma empresa, podendo ser vantajoso ao se candidatar a uma vaga de emprego.

Uma conexão no Linkedin é diferente de um amigo no Facebook, por exemplo. As conexões significam que você conhece muito bem as pessoas ou que elas são contatos profissionais de confiança.

Para transformar um contato em conexão é necessário que você convide essa pessoa para fazer parte de sua rede e esta pessoa precisa aceitar. Da mesma forma você precisará ser convidado e aceitar para fazer parte da rede de outra pessoa.

Se você encontrou alguém fazendo uma busca por conhecidos ou por colegas de classe, ou se ela for um de seus contatos de e-mail, você clica na caixa de seleção junto ao nome da(s) pessoa(s) e pressiona o botão “enviar convite”. O Linkedin enviará um convite geral ou você poderá adicionar uma mensagem pessoal.

Se você localizou alguém através da busca por nome ou busca avançada, O Linkedin perguntará como você conhece essa pessoa: Colega, Colega de classe, parceiro de negócios, amigo, outros ou não conheço. Se você selecionar “amigo” ou “outros” o site perguntará o endereço de e-mail da pessoa. Se escolher “não conheço” você não terá a permissão do Linkedin para enviar o convite. Para as outras opções, será solicitado que você indique o trabalho, instituição de ensino ou empresa que a conhece.

clip_image012

As pessoas que fazem parte de sua rede são chamadas de “direct connections” (conexões diretas) elas estão a um nível de você na rede Linkedin. Você poderá entrar em contato com essas pessoas diretamente clicando no botão “enviar e-mail“, na página de perfil delas. As conexões de suas conexões estão a dois níveis de você e as conexões destas a três níveis. Todos os membros que estão conectados a você até três níveis, tecnicamente fazem parte de sua rede, mas você só poderá enviar e-mails para entrar em contato com suas conexões diretas. Para entrar em contato com membros dos segundo e terceiro nível, pode ser solicitando uma apresentação a um membro que esteja no seu primeiro nível e no desta pessoa também. Outra maneira é por “InMail“, que é o sistema de mensagens internas, que permite que você entre em contato diretamente com qualquer pessoa no Linkedin, sem a necessidade de apresentação. Tem também o “OpenLink“, que é um serviço que permite que você receba mensagens de qualquer pessoa da rede do Linkedin.

O Linkedin oferece cinco tipos de apresentações em sua conta gratuita:

clip_image001[5] Encontre uma conexão direta que tenha na lista a pessoa com quem deseja entrar em contato.

clip_image001[6] Envie a ela uma mensagem de apresentação pedindo que a direcione à conexão dele que você queira contatar.

clip_image001[7] Sua conexão direta tem a opção de não encaminhar sua apresentação;

clip_image001[8] Se encaminhá-la, o destinatário pode não aceitá-la.

clip_image001[9] Se a apresentação for aceita, não é a mesma coisa que participar de uma rede. Você ainda terá que enviar a esse membro um convite solicitando que participe de sua rede. É possível que ele tenha que passar seu endereço de e-mail para confirmação.

Para mais apresentações como InMail e OpenMail, você conseguirá atualizando sua conta Premium.

Como você já deve ter percebido o Linkedin é diferente das outras redes sociais, pois é exclusivamente para relacionamentos profissionais. A página de perfil é um currículo online. Você não consegue publicar fotos, só a de seu perfil, não consegue postar seus vídeos favoritos do YouTube e nem ficar “zombando” de seus amigos. Não tem como personalizar o layout das páginas, que é um design claro com ar “sério”, pois faz parte do esforço do Linkedin dar um acabamento profissional ao site.

O Linkedin recomenda que todas as conexões sejam vistas como possíveis referências pessoais ou profissionais. Certamente os membros de sua rede darão referências positivas a seu respeito a um futuro empregador ou a outros membros de sua rede. Coloque em seu site um ícone do Linkedin para informar que você faz parte desta rede.

E o que vou fazer nas redes sociais online?

O mesmo que você faz no seu dia-a-dia.

Conversa, se atualiza, se diverte.

As pessoas no geral escrevem sobre vários assuntos, compartilham fotos, vídeos, mensagens, notícias, humor, tragédia e dependendo do assunto você vai gostar ou não.

Existem várias redes sociais online onde podemos optar por uma ou mais. Muitas pessoas participam de várias redes. Algumas destas redes são boas para postar e guardar fotos, outras vídeos, outras guardar o que você gosta na internet.

Muitas dessas redes sociais tem aplicativos, para diversas finalidades: calendário, músicas, eventos, jogos online, que o usuário tem a possibilidade de participar.

As atualizações dos usuários, na maioria das redes, são mostradas para os outros usuário, mas existe a opção de esconder, ou ser mostrados somente para as pessoas de sua rede de relacionamento.

Tem também, as configurações de segurança, que permite ao usuário escolher quais dados podem ser mostrados em seu perfil.

Como exemplo, vou descrever algumas destas redes sociais:

1351599401_Twitter     Twitter: permite aos usuários enviar e receber atualizações pessoais dos outros contatos em textos de até 140 caracteres. É também chamado de microblog;
facebook6     Facebook: permite trocar mensagens com outros usuários, postar fotos, adicionar amigos, conhecidos ou outros usuários, pode participar de grupos de interesse, criar páginas profissionais;
1351599360_Orkut     Orkut: também é uma rede social e permite seus membros manter relacionamentos, criar ou participar de comunidades, postar fotos, vídeos;
1351599542_MySpace     MySpace: rede interativa de fotos, blog e perfis de usuário;
flixster-icon     Flixster: rede social sobre cinema, os usuários podem compartilhar avaliações de filmes, descobrir novos filmes e interagir com outros usuários que gostam de filmes;
1351599505_LinkedIn     Linkedin: é uma rede de negócios e é utilizada principalmente por profissionais.
tagged_logoTagged: os usuários podem criar e gerenciar os perfis, postar comentários, boletins de correios, ver fotos, vídeos e sugere novas pessoas para conhecer;
1351599488_Flickr     Flickr: é um site que hospeda e partilha imagens, fotos, desenhos, permitindo que os usuários organizem este material, podendo compartilhar com outras pessoas ou não;
pinterest-logo-transparent-reflected     Pinterest: o usuário pode destacar, através de imagens, seus gostos, preferência e estilo;
1351599429_YouTube     YouTube: permite que seus usuários carreguem e compartilhem vídeos.