Redes Sociais




Google+

mensagem

Você está ocupado demais para ser excelente?

ocupado

Você não tem tempo para se atualizar:

Qual foi a última vez que você participou de um treinamento oferecido pela empresa? E de um curso de curta ou longa duração? Ou está tão afundado nas tarefas cotidianas que não tem espaço na agenda para olhar para o que acontece para além da sua baia?

 

Tudo é prioridade para você:

A chave para fazer uma boa administração do tempo é aprender a definir quais tarefas são prioritárias, urgentes e importantes. No entanto, para a maior parte dos profissionais esta missão não é tão simples assim.

Atire a primeira pedra quem nunca se rendeu à tentação de encarar como urgente toda tarefa que lhe vem à mão. O problema deste hábito, afirmam os especialistas, é que você deixa pelo caminho uma série de tarefas sem conclusão. Pior: não faz com maestria aquilo que, de fato, requer mais atenção.

Muitas empresas tem foco no curto prazo. O profissional vive apagando incêndios e não pensa no futuro.

 

Você se atém muito aos detalhes – quando isso não é essencial:

Quanto mais elevado seu posto na hierarquia, menor a responsabilidade em se ater aos detalhes.

O líder só entra no processo quando os detalhes já estão ‘mastigados’ e ele tem que tomar a decisão.

 

Você nunca está disponível:

As pessoas sempre estão esperando você para falar. O problema da fila de e-mails, mensagens de voz ou até pessoas na sua porta é que isso pode representar menos eficiência para seu trabalho e para o da equipe como um todo. Afinal, as pessoas precisam sempre esperar por você para concluir a tarefa delas.

 

Fonte: Novas do Dia

SPAM: e-mails indesejados

spam

  A quantidade de e-mails que recebemos em nossa caixa postal cresce quase que sem controle. Além da propaganda indesejada (spams – que são enviadas por spammers), há também os e-mails maliciosos, geralmente enviados por hackers ou por coletores de endereços eletrônicos que, em geral, acabam gerando mais correspondências eletrônicas, num círculo vicioso que só tende a dificultar a comunicação normal e séria através da Internet.

Há diversos mecanismos de identificação de seu endereço eletrônico utilizados por coletores de e-mails com o propósito de criar grandes listas de endereços que são, então, vendidas para quem quer enviar propaganda não solicitada.

 

– Eles podem ser obtidos através de sites onde você é solicitado a se cadastrar para ter acesso a determinadas informações gratuitas (desconfie quando o site pede para você se identificar através de seu endereço de e-mail – neste caso, consulte a política de privacidade do site (se houver) para avaliar melhor o risco de fornecer seu endereço).

– Também podem ser obtidos através de e-mails tipo corrente, solicitação de ajuda para causas diversas, descrição de algum desastre ecológico ou humanitário ou abaixo-assinados (desconfie quando você é solicitado a repassar a mensagem – neste momento você poderá estar disponibilizando seu endereço eletrônico para o spammer).

– Atenção quando você recebe um e-mail de propaganda qualquer sobre um produto ou serviço ou de prêmios que você pode ganhar “clicando aqui neste botão” – seu endereço pode ter sido obtido anteriormente através de algum recurso escuso (desconfie quando a mensagem oferece a facilidade de excluir seu endereço da lista – em geral, você só estará confirmando a validade de seu endereço eletrônico – neste caso, o melhor a fazer é simplesmente apagar o e-mail).

– Cuidado com mensagens-lista de dados de pessoas, nas quais você é solicitado a preencher seu nome, endereço, e-mail, telefone, etc. Se a mensagem-lista é reenviada, pode ser facilmente enviada para alguém que já consta da lista, por exemplo, e que só tem por objetivo obter as informações para uso ilegal, ilícito ou imoral.

– Se você acabou de receber um e-mail alertando sobre um novo tipo de vírus, verifique nos sites de empresas responsáveis por anti-vírus (Symantech (Norton anti-vírus) – ou McAfee (Virus Scan) – em inglês) a veracidade da notícia. Tome as providências cabíveis – atualizando seu anti-vírus, por exemplo.

– Você tem como criar filtros em seu próprio programa de correio eletrônico, com o objetivo de rejeitar mensagens que tenham determinadas características. No Microsoft Outlook Express, por exemplo, veja em Ferramentas, depois em Regras para Mensagens, depois em Email. Você pode criar diversos tipos de regras que podem facilitar sua vida, filtrando mensagens indesejadas.

– Lembre-se de que a cada dia chegam milhares de inexperientes na Internet. E quanto mais pudermos ensinar, melhor será para todos. Afinal, esta facilidade dos dias modernos é muito útil para atender nossas necessidades de comunicação.

– Escrever um e-mail ou enviar qualquer coisa pela Internet é fácil. Não acredite automaticamente em tudo que lhe é enviado. Leia o texto, reflita, se possível confira a procedência (acessando sites de referência, por exemplo) e analise com cuidado antes de decidir repassar aos amigos.

– Consulte o site www.anti-spam-tips.com (em inglês) para mais detalhes sobre este tipo de ameaça eletrônica.